Camille e Rodin – o eterno caso da Outra

 

Movido por essas Pinceladas, lá foi minha curiosidade assistir, no Grande Auditório do MASP, à peça Camille e Rodin.

Que buscava minha curiosidade já saciada pelo conhecimento do triângulo amoroso que envolvera Rodin,

Busto de Rodin por Camille Claudel

Rose, a sacrossanta esposa,

Retrato de Rose Beuret

e Camille

Retrato de Camille

--- a outra dentre outras?

O que sofregamente buscava aquele público que enchia o improvisado foyer?  Garantido pelo ator, um melodramático caso especial do tipo televisivo? Naquela fria noite de sábado, a esperança de testemunhar e sofrer um tórrido, mas infeliz, caso de amor?

Rodin, A eterna primavera,

Rodin, Os Amantes

Ou seria romântico anseio por derramamentos sentimentais de beijos capazes de amolecer corações empedernidos 

O Beijo, Klint e O Beijo, Rodin

e de lembrar Klint, esse outro glutão faminto de modelos?

Eu sabia (quantos mais ali?) que Rodin será responsável por moldar ao longo da vida tanto a submissa e fingida cegueira de Rose, a esposa eleita em virtude de seu abnegado altruísmo,

Rodin, Busto de Rose Beuret

como o penseroso semblante de Camille.


Rodin, O Pensamento

(Não obstante a touca das jovens noivas bretãs, ela não deixaria de ser a outra, sempre preterida.)

Talentosa serviçal de seu ateliê,


Camille no ateliê,

Camille acabou por viver às mãos

Rodin, Busto de Camille e mão de Pierre de Vissant,

do interesse manipulador de Rodin.

Melodramático epílogo, rompida a relação de quinze anos,


Rodin, Fugit amor

Camille, destemperada de dor e amor, com quarenta e nove anos, é internada num asilo psiquiátrico. De onde só sairá morta, aos setenta e nove anos.

Camille Claudel – Le memories des lieux

        A peça esqueceu-se do conselho que Rodin sempre dava a Rose. Que ela, em sua vigília abnegada e altruísta, não umedecesse demais o barro em que se esculpiria nossa natureza e condição humanas. (Rodin as queria maleáveis. Rose?  Camille? A natureza humana?) O autor (Franz Keddler) umedeceu demais a matéria argilosa que tinha em mãos. Resultado? À saída, rastros de rímel denunciavam o coágulo de lágrimas mal represadas. Empatia de dramalhão.


Rodin, Máscara de Camile Claudel

Tais quais Camille, eram também outras sofrendo com a dureza granítica e a frieza marmórea do coração de outros tantos Rodin?