Ernst Ludwig Kirchner, 2

          3. Trottoir

O ponto

   (Postdamer Platz, Berlim, 1914)

na vizinhança da

 (Friedrichstrasse, Berlim, 1914)

 

onde ficava o Café Nacional, local para onde acorria quem quisesse pegar mulher.

 

 (Cocotte vermelha, 1914)

            Nessa fábula de predadores, quem a caça, quem o caçador à espreita?

            A elegância dessas    

 (Cinco mulheres na rua, 1913) 

raposas em estolas de cordeiro mal lhes disfarça o ar adunco da rapina, arrastando um séquito de otários

 

  (A rua, 1913)

 

para depená-los.

              

 

4. (I)moral da história

Em 1937, na Alemanha, os nazistas confiscaram seiscentos e trinta e nove trabalhos de Kirchner. Trinta e dois vão figurar a exposição Arte Degenerada, em Munique.

Isso ocorreu só porque a expressão de seu inconsciente, cores da paleta diluída ou temperada em litros de absinto,

 (O Bebedor, autorretrato, 1914/15)

 divergia do figurativismo com que o real, falacioso, engana nossos sentidos.

            Doentia a visão que Kirchner nos oferece da realidade? Ou será que doentia é a realidade?  A ponto de atormentar e enfermar o pintor

 (Autorretrato enquanto homem doente, 1918/20)

com imagens da mundial decadência humana deflagrada no rastilho de duas Guerras.  

            Recrutado em 1915,

 (Autorretrato como soldado, 1915)

 é logo dispensado por doença --- sintomas precoces de seus distúrbios mentais. Em 15 de junho de 1938, às vésperas da Segunda Guerra, desfecha um tiro no coração. Talvez para não testemunhar inerme o holocausto humano que se prefigurava.

 (Duas mulheres com lavatório, 1913)

Não se lava a imundície do mundo simplesmente lavando as mãos, à Pilatos.

 

 

5.  Expressionismo

Eis a fotografia de Ernst Kirchner em 1904.

  (Ernst Ludwig Kirchner em Chemitz)

Dandy, ares à Oscar-Wilde-Dorian-Grey, parece-se ele com algum desses autorretratos abaixo?

  (Autorretrato, 1914)

 

  (Autorretrato com gato, 1919-20)

 

  (O Pintor, Autorretrato, 1919-20)

Onde a expressão do verdadeiro ser de Kirchner? Na retina da máquina fotográfica ou nas imagens da ultrassonografia uterina de seu pincel?