Singer Sargent

Autorretrato

Singer Sargent nasceu em 12/1/1856 (Florença) e morreu em 14/4/1925 (Londres).

Formado na École de Beaux Arts em França, não se filiou a nenhum movimento pictórico, mas se notabilizou como retratista e aquarelista.

Artist in his studio

O primeiro retrato que o deixou famoso foi o de Amélie Avegno Gautreau (Madame X), decote em vertigem promissora, o que desagradou à crítica conservadora da época.

Madame X

Sua capacidade como retratista flagrou também poses em movimento, registrando toda a personalidade do modelo em sua coreografia, em

Carmencita

em sua pose teatral

Lady Macbeth

Não esteve afastado de registrar a miséria da vida com os comoventes

Parisiense menina mendiga

O vendedor de frutas

Eclético, não fugiu à inspiração clássica

Orestes perseguido pelas Fúrias

Seus modelos não eram simples marionetes manobrados pela ponta de seu pincel; procurou dar-lhes vida e personalidade, caráter. Revejam-se Madame X, Carmencita, Lady Macbeth.

Marionetes

Viajante incansável, no fundo da mala esparramada no chão de hotéis, um romântico, a fugir da realidade insatisfatória para paisagens exóticas, misteriosas,  

Hotel room

Cashmere

A street in Algiers

Oyster gatherers of Cancale

Street in Venice

Gostava de livros, na corredeira da vida

Books among rocks

ou postos em sossego.

Boston Publica Library

Foi fã de Robert Louis Stevenson, cujo O médico e o monstro talvez escondesse o recôndito desejo de libertar-se de sua persona cotidiana de homem discreto, bem comportado, assim como embuçada está a cara-metade do escritor.

Robert Louis Stevenson and his wife