Carlos Paes Villaró

Carlos Paes Villaró  tem por símbolo um sol de sua pintura solar.

 

 

 

Quem for a Montevideo não deixar de ir a Punta del Este e visitar a casa Pueblo.

Sua casa, construída em Punta del Este, aprisiona um pôr do sol estupefaciente, além de brincar com cores esfuziantes,

 

Carlos Paes Villaró nasceu em Montevideo em 11/ 1/2013; (Uru) e faleceu em Punta Ballena (Punta Ballena), em 24/2/2014.

Suas cores inspiradas em motivos folclóricos são vivas inspiradas na paleta solar.
 

 

Além de gostar muito de gatos, sempre flagrados em poses súbitas;

                                                                                                                               

além de mulheres prontas a amamentá-los, força nutriz de sua criação.

  

Sempre presente o folclore está em sua retina.

 

Novamente um gato surpreendido a revelar o amor que Carlos dedicava aos felinos!

sua fixação pelo folclore é patente nos motivos, sobretudo o candombe!

A coruja também faz parte da fauna de Villaró, crendice na filosofia e sabedoria da coruja.

Sua casa pueblo, aberta todo o ano, serve de museu e taller para expor suas pinturas e outras peças de cerâmica.

 

|Ei-lo novamente a revelar seu amor aos felinos, tendo ao fundo sua casa pueblo, além dos pincéis.

Mais uma peça a revelar o multifacetado talento de um sombrio Villaró